Navigation Menu+

Serafim

Posted on Jan 20, 2017 by in Memorial |

Serafim._600x600

Serafim

30/12/2016

Ainda me recordo vivamente do dia em que te cruzaste comigo. Estava uma bela tarde de verão e acabara de sair da aula de música com a minha irmã quando me deparei com o teu olhar meigo. Rapidamente percebi que tinhas ficado sozinho na rua e procuravas uma nova família.
Bem sabíamos que não podíamos ficar contigo, pois já tínhamos três gatas em casa. No entanto, tu precisavas de ajuda. Estavas muito magro, com algumas feridas no corpo e nem um miado conseguias soltar.
Acolhemos-te temporariamente na nossa casa até encontrarmos um dono para ti, era essa a condição do nosso pai.
Afinal essa tarefa não foi nada difícil. Encontrámos uma família perdida de amores por ti…nós. Conquistaste-nos logo no primeiro minuto pela tua inteligência.

O nosso Serafim. O nosso nino.

Pois bem, passaram quatro anos e meio (tão pouco!).

Encontrámos em ti um ser ardente (e como o teu nome pertence verdadeiramente a ti!). Alegre sempre em tudo o que fazias. Desde as tardes solarengas na bancada da cozinha, às arranhadelas no pau de madeira, aos saltos para cima do frigorífico, às dormidas com os donos, aos passeios pela garagem e entrada do prédio, às viagens de carro, etc.

É tudo isto que fica. É tudo isto que tem valor. E tudo isto é saudade e amor.

Os primeiros tempos foram complicados. Era preciso as gatas te aceitarem e tu acalmares o teu ímpeto de jovem gato. Daí para a frente tudo descomplicou e todos passaram a respeitar o espaço de cada um. E ainda conseguiste ter momentos únicos com elas.

Tinhas a tua liberdade e o nosso amor. Era isto que te fazia verdadeiramente feliz.

Os teus abraços calorosos eram um simples gesto de tudo o que tu nos deste em troca. Uma troca de amor. Sempre o foi, sempre o será.

“Então, um dos serafins voou para mim”
Voa meu anjo, eu estarei sempre aqui.

Da tua Inês.

A nossa família ama-te hoje e sempre <3

Serafim.

Serafim_1024x768