A cuidar do nossos animais de estimação desde 2008

Nina

14 de maio, 2013
      Nina, foram poucos os anos, no entanto foi toda a tua vida.
Lutamos as duas contra a tua doença. Não te deixei 'dormir' sozinha,
tentei aliviar teu sofrimento, não te deixei um minuto
... e minhas lágrimas cairam no teu pêlo na tua partida,
no teu último suspiro, junto foi um pedacinho.
Perdi meu "mau feitiozinho", perdi minha companheira de lareira.
Perdi Nina, te perdi.

Até um dia minha menina.
Laura Cosme