A cuidar do nossos animais de estimação desde 2008

Rosana

30 de novembro, 2013
      Data de nascimento da Rosana- 5/12/1998
Data da morte da Rosana- 21/8/2013

Minha querida Rosaninha,

Será que me vais reconhecer
quando nos virmos no céu?
Será que vai ser o mesmo
quando nos virmos no céu?

Eu devo ser forte e continuar,
porque eu sei
que ainda não chegou
a minha hora.

Será que vens ter comigo
quando nos virmos no céu?
Será que me vens lamber
quando nos virmos no céu?

Ah como sinto a tua falta!...
Sem a tua presenca,
a tristeza é enorme,
porque a saudade é tanta.

Agora repousas descansada
nos doces bracos do nosso Deus,
que te ama muito também,
e sabe melhor que ninguém,
que cumpriste todos os Seus propósitos
para Sua glória;
estás livre de todo o sofrimento e dôr,
a disfrutar do seu belo jardim,
gozando da sua maravilhosa luz.

Será que me vens pedir carícias,
quando nos virmos no céu?
Será que me vens dar marradinhas,
quando nos virmos no céu?

Foste a minha companheira,
meu conforto e alegria
nos meus anos de solidão,
e continuaste a fazer parte de mim,
quando encontrei a minha metade.
Amo-te muito e vou amar-te sempre,
e acredito no meu coracão,
que um dia, quando chegar a minha hora,
nos vamos encontrar aí,
no paraíso do nosso Deus,
onde não há mais lágrimas nem dôr.

Maria Teresa Saavedra Katajamäki